Cyberbullying: as consequências da agressão virtual

As brincadeiras entre as crianças de hoje em dia já não são as mesma de anos atrás. A rodinha na calçada de casa deu lugar às interações sociais, só no ambiente virtual. As mídias sociais estão aí e podemos ver crianças com seus 5 anos de idade já dando os primeiros ‘passinhos’ no uso de um computador, celular, tablets, e afins, o que ajuda, na dose e no uso correto, muito no desenvolvimento delas.

Mas há o “lado b”, pois assim como no ‘mundo real’ essas crianças e jovens estão sujeitas a serem vitimas de bullying, ou melhor, cyberbullying. A prática pode trazer graves consequências para quem sobre a agressão e em tempos onde as redes sociais estão presentes constantemente na vida desses jovens, uma frase ou foto mal intencionada pode virar uma bola de neve. Segundo o infográfico divulgado pela OnlineCollege.org, 69% dos jovens possuem seus próprios celulares ou computadores, desses 80% são ativos em redes sociais.

Confira abaixo mais alguns números sobre:

fonte: Canaltech

Deixe uma resposta