Média, moda e mediana: entenda e analise melhor seus dados nas mídias sociais

Um dos cálculos mais básicos da estatística descritiva é a média. Ela serve para resumir, em um número simples, uma série de valores sobre algo que está sendo observado. Com certeza você já usou para algum relatório, certo? Média de sentimento positivo durante os últimos 12 meses, média de interações nos seus posts da fanpage ou dados do “perfil médio” do público. São todas medidas de tendência central: ou seja, um valor que resume o grupo de observações.

Mas nem sempre usar a média é a melhor solução. Há outros dois cálculos básicos na estatística descritiva chamados moda e mediana que podem fazer muito mais sentido em alguns casos, lhe permitindo observar alguns tipos de informações de modo mais preciso.

MÉDIA

Explicar como funciona a média é extremamente simples. Basta somar todos os valores de uma série e dividir o total pela quantidade de ocorrências. É o mais frequente e simples. Imagine que você tem 09 seguidores no Twitter e quer saber a média deles. Você soma os valores (digamos 700 | 800 | 800 | 1000 | 1200 | 1300 | 1400 | 2000 | 2600) e divide pelo número das ocorrência. No caso, 09. Então, o cálculo seria o seguinte:

media

A média de seguidores, então, é 1311,1. Se você comparar com os outros dados, é uma média que resume bem o universo analisado. Afinal de contas, o que tem a menor quantidade de seguidores possui 700 e o que te a maior quantidade possui 2600. Até agora, nenhuma novidade. Mas em alguns casos, a média não é tão precisa ou útil. Para isto, recomendo avaliar a Moda e a Mediana.

MEDIANA

A mediana é literalmente, o valor central. Você precisa listar os valores de forma ordenada e selecionar o que está no meio. No exemplo abaixo, com os mesmos números do exemplo da média, 1200 é a mediana pois, dentre os 9 números, ocupa a quinta posição:

medianaA mediana é bastante útil quando você possui uma grande quantidade de valores e muitos outliers (valores que fogem muito da tendência central, não sendo representativos do todo). No exemplo abaixo, a mediana faz muito mais sentido do que a média. A média seria 12679,2, enquanto a mediana é 1200. Observando os números abaixo, qual deles faz mais sentido?

mediana com outlierss

MODA

Pra lembrar o que significa Moda, você pode lembrar do mundo fashion mesmo. Assim como tipos de sapatos, a moda representa o valor mais comum. No nosso exemplo inicial, a moda seria 800: é o valor que é repetido 2 vezes, mais do que os outros.

moda
Para analisar algumas variáveis quantitativas, a Moda pode ser bastante útil para identificar qual o tipo de ocorrência mais frequente. É especialmente útil quando a amplitude de valores possíveis é menor. No caso de seguidores é bem grande, mas no caso de “vídeos enviados” em um canal do YouTube, no qual a amplitude é menor, faz um pouco mais de sentido.

A moda é especialmente útil para dados qualitativos. Não é possível analisar média ou mediana de dados não ordenados como, por exemplo, Cidade ou Preferência Musical. Então a Moda entra em ação. Se você está analisando o perfil médio dos seguidores, como no exemplo abaixo, selecionaria a cidade mais frequente para descrever o perfil do público:

moda em dados qualitativos

Adicione o blog da Social Figures em seu leitor de feed ou assine por email para receber mais dicas sobre estatística, inteligência de dados e pesquisa.

4 Comments

Deixe uma resposta