visualização

Não deixe o Gráfico de Pizza ser o vilão de seus relatórios

By | Social Media | No Comments
Volta e meia algum texto diz, categoricamente: “não use jamais gráficos de pizza!”. Os gráficos de pizza, que também possuem nome delicioso em inglês (pie charts – gráficos de torta), são, porém, uma das modalidades mais intuitivas de apresentação de alguns tipos de informações.
Turkish Empire - william playfairComo nos conta o especialista Nathan Yau em seu livro Visualize This!, o primeiro gráfico de pizza foi publicado por WIlliam Playfair, que também inventou o gráfico de linha e o gráfico de barras em 1801. São mais de 200 anos de pizza! Na imagem ao lado podemos ver o gráfico, utilizado para mostrar a distribuição do Império Turco antes de 1789.

Nos gráficos de pizza o ponto é entender que servem para demonstrar partes de um todo. Por isto costuma ser utilizada especialmente quando se fala de porcentagens. Se a distribuição das fatias da pizza somarão 100%, a informação e as relações entre as partes ficam claras. No gráfico do Playfair, por exemplo, a área da pizza é dividida entre frações africanas e europeias do território, pois são

  • Gráficos de Pizza devem demonstrar relações entre o todo: desse modo, as fatias devem representar algo que possa ser convertido em porcentagens, somando um todo. Para conseguir isto, as categorias devem ser mutuamente exclusivas. Imagine, por exemplo, um questionário que faça a pergunta: “Marque quais marcas de shampoo você conhece”. Cada usuário poderá marcar uma ou mais, o que significa que as opções não são excludentes entre si. Porém, se a pergunta for “Qual sua marca preferida de shampoo”, o resultado poderia ser mais apropriadamente representado por gráfico de pizza.
    No contexto do monitoramento, é comum representar gráficos de Menções por Sentimento desta forma pois uma menção Negativa não pode ser Positiva ao mesmo tempo. No máximo pode ser Híbrida, por exemplo, opção que se tornou padrão nas ferramentas de monitoramento de mídias sociais. No exemplo abaixo, dois gráficos de Rosca, variante de Pizza, extraídos do BrandCare:

gráfico de rosca - brandcare

  • As fatias dos Gráficos de Pizza não devem somar mais de 100%. Esta recomendação pode ser deduzida a partir da recomendação anterior, mas nunca é demais frisar. Entender isto permite lembrar a anterior. Afinal de contas, se existe mais de 100% de um determinado valor, significa que as fatias (categorias) não são excludentes entre si, permitindo a sobreposição. Desse modo, outro tipo de visualização (como barras, gráfico de Venn ou mesmo uma tabela) podem ser mais úteis.
  • Sempre utilize Etiquetas (Labels) quando os valores não ficarem claros visualmente. Em alguns casos, o objetivo é apenas demonstrar a liderança de uma opção. Mas se tal liderança é composta de poucos pontos percentuais, será difícil para o leitor entender qual está na frente. No exemplo abaixo é difícil entender, sem o número exato, se as opções “Biscoito” ou “Bolacha” são iguais ou diferentes em tamanho:

Bolacha e Biscoito

  • Não Represente Muitas Categorias em um Único Gráfico de Pizza. Utilizar um único gráfico para representar dezenas de categorias pode trazer complicações na hora de visualizar as informações. Recomenda-se utilizar para alternativas com poucas fatias ou que permite agregar as menores em uma única fatia. Veja no exemplo abaixo como o gráfico da direita é quase incompreensível:

Gráfico de Pizza - muitas categorias

Na dúvida, priorize sempre a transmissão da informação desejada e a data-to-ink ratio, ou seja, a razão entre “tinta” e dados.  É um conceito criado por Edward Tufte que propõe que as visualizações devem ser pensadas de forma minimalista: mostrar dados claros e não-redundantes, apenas o essencial.

5 Curiosas (e diferentes) Visualizações de Redes Sociais

By | Redes Sociais, Social Media | One Comment

A metodologia de análise de redes é uma importante adição no ferramental de quem procura entender as mídias sociais para as marcas. Assim como a análise de conteúdo e sentimento, é uma metodologia com uma ampla história e também aplicada nas mais diferentes áreas do conhecimento, especialmente nas ciências sociais e artes.

Algumas visualizações de rede disponíveis na internet mostram como a visualização de redes é uma poderosa ferramenta para mostrar relações e sistemas. Separamos cinco visualizações bem curiosas e divertidas.

O site Movie Galaxies disponibiliza visualizações e arquivos de redes que representam as conexões sociais entre personagens de filmes! De grandes redes de filmes como Forrest Gump a redes minúsculas como a de Solaris, o acervo do site traz exemplos para o aficionado em filmes e em pesquisa:

rede exterminador do futuro

 

Em projeto semelhante ao que falamos na semana anterior, o NY Times mostra os times de futebol mais conectados pelos jogadores da Copa do Mundo:

ny times - club network

 

O universo narrativo do momento, Game of Thrones, que empolga leitores e espectadores de todo o mundo, é conhecida pela violência e constantes mortes de protagonistas. Jerome Cuckier, expert de visualização de dados no Facebook, fez uma rede interativa pra você conferir as comunidades de assassinatos e quem mata quem nos livros. Clique para visualizar, mas cuidado com os spoilers!

game of thrones rede de mortes

 

Como os artistas musicais se conectam? Para descobrir isto, o pesquisador e programador Tamás Nepusz criou uma rede com milhares dos principais artistas e bandas na plataformas Last.fm. As conexões são estabelecidas de acordo com as similaridades a partir das tags, adicionadas por usuários. Cada agrupamento mostra um gênero musical. Clique para descobrir quais bandas estão mais próximas e compare com o seu perfil:

lastfm_800_graph_white

 

A partir de mineração de dados do site de receitas Allrecipe, pesquisadores criaram redes de ingredientes. Não é uma rede composta por pessoas, mas sim por alho, manteiga, farinha e outros tipos de alimentos. O mais interessante, porém, é que representam conexões feitas por pessoas: os links entre os ingredientes são resultados da inteligência coletiva de milhares de cozinheiros.

Ingredient Complements

Se você deseja usar o potencial da análise de redes para sua agência ou empresa, pode nos procurar. Te ajudaremos a encontrar e entender comunidades, influenciadores, fluxos de informações e métricas de redes nas mídias sociais.

Visualização mostra mapa de Androids e iPhones pelo mundo

By | Social Media | No Comments

A partir de mais de 280 milhões de tweets, uma parceria da Mapbox e Gnip (um dos fornecedores de dados do BrandCare), mostra a diferença de uso de dispositivos Android, iPhones, Blackberry e outros em todo o mundo.

Como acontece com muitos dados digitais, a cisão de uso entre Android e iPhones é uma heurística para outro tipo de informação. No caso, econômica: em boa parte das cidades brasileiras, a predominância de dispositivos Android é mais comum nas periferias. Confira a visualização de algumas metrópoles:

 

São Paulo

sao paulo

Rio de Janeiro

rio de janeiro

Salvador

salvador

Porto Alegre

porto alegre

Manaus

manaus

Brasília

brasilia

Novidades BrandCare: gráficos, níveis de categorias, exportação de menções de usuários e mais

By | BrandCare | No Comments

Algumas novidades no BrandCare vão ajudar seu trabalho a fluir ainda mais rápido! Segue a lista das últimas implementações:

1) Novos gráficos HTML5 no dashboard, com visualização otimizada para tablet e smartphone
Os gráficos da Dashboard, que resumem os dados filtrados referentes às Buscas, Canais, Tags, Tópicos, Sentimento e Gênero foram reformulados. Em formato HTML5, a visualização em tablets e smartphone ficou mais fácil. Também há mais formato de exportação das imagens dos gráficos direto pela Dashboard (lembrando que os dados brutos podem ser exportados em 7 formatos diferentes na aba Relatórios).
grafico brandcare monitoramento de midias sociais
2) Aplicar Filtro sempre visível
Uma das facilidades de usabilidade do BrandCare é a quantidade de filtros, sempre visíveis na barra do lado esquerdo da ferramenta. Para facilitar ainda mais a variação de filtros para visualização e análise dos dados, o botão “Aplicar Filtro” te acompanha enquanto você desce pela página, permitindo que novos filtros sejam aplicados com rapidez.
3) Categorias para as Tags
A adição e exibição das tags no Filtro agora permite uma organização mais granular das informações. Cada “tag” pode ser associada a uma categoria mãe. Assim o analista pode dividir, no Filtro, as tags relacionadas às categorias de análise como “Emissor”, “Tema”, “Evento”, “Assunto” e outros. Veja o guia “Como Criar Categorias e Tags no Monitoramento de Mídias Sociais” para orientações relacionadas a este tema.
Categorias e Tags
4) Exportação de Todas Mensagens do Usuário
Na aba de “Contatos”, é possível também fazer a exportação já de usuários específicos. A funcionalidade já era possível através da exportação de Dados Brutos, mas a novidade agiliza o processo de compreensão de consumidores e público mais rapidamente.
Contatos - Exportacao de Menções BrandCare
Para conhecer mais o BrandCare, confira uma apresentação no SlideShare.